• FESTEJO DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO

    Caríssimos irmãos(ãs) devotos de nossa mãe Maria, convido-vos a participar conosco do festejo de Nossa Senhora da Conceição de 30/11 a 08/12/17 em nossa comunidade Porta Aberta. Esse ano iremos refletir o tema...

    Leia +
  • Conheça melhor a Palavra de Deus

    "Deste modo, pois, com a leitura e estudo dos livros sagrados, 'a palavra de Deus se difunda e resplandeça' (2 Tess. 3,1), e o tesouro da revelação confiado à Igreja encha cada vez mais os corações dos homens. (Dei Verbum, 26)

    Leia +

14.12.17

Participe do I Encontro de Empreendedores Católicos que acontecerá no próximo domingo (17)

A Pastoral do Empreendedor Católico de Bacabal convida todos os Empresários e Empreendedores para o Primeiro Encontro de Empreendedores Católicos que acontecerá no dia 17 de Dezembro de 2017, às 08 horas, no Salão Paroquial da Igreja Sant’Ana e São Joaquim com o seguinte tema: “Café com Valores”,o poder da Fé nos negócios: Usar a fé como aliado estratégico para superar desafios. Com o Palestrante Francês Cyrille Schnneider, onde conta com o superou um câncer fulminante e continuou sendo direto de uma multinacional estrangeira.

A Palestra irá abordar temas como: propósito, metas, liderança, delegação eficaz, gestão do tempo e promoção de esperança tendo a Fé como combustível em seus negócios.

Compre já o seu ingresso no valor de R$ 50,00 (cinqüenta reais) que te dará direito a um grande café da manhã, uma caneca personalizada do evento, e a tão grande e esperada palestra.

Os ingressos estarão disponíveis na Secretaria da Igreja e na Gráfica Impressione Digital ou ligue no telefone (99) 98422-2890 / 8450-2322.

12.12.17

Festejo de Santa Luzia 2017: Programação

Caríssimos irmãos e irmãs,

Este ano fomos privilegiados pela realização da Semana Missionária em nossa Paróquia, ocorrida em abril.

Os frutos desse trabalho são visíveis até hoje e devem perdurar em nossas comunidades, a fim de que possamos dar um novo rosto à Igreja, como nos pede o Papa Francisco.

Neste mesmo impulso, e em clima de Santas Missões Populares é que realizaremos do dia 09 a 17 de dezembro o Festejo de Santa Luzia, em que refletiremos o tema: "Santa Luzia ensina-nos a ser grandes missionários para uma igreja viva em missão". Este momento de graça nesta comunidade quer convocar a todos a sentirem-se responsáveis pelo trabalho missionário, fazendo com que todos possam desejar e, de fato, serem discípulos missionárias de Jesus Cristo.

Por esse motivo, convidamos você e sua família a participarem do nosso festejo. Será uma oportunidade para aprofundarmos a nossa fé e encontrar os irmãos e irmãs.

Que Deus abençoe a todos!


Fraternalmente,
 
PADRE RIBAMAR CARDOSO LIMA
E CONSELHO COMUNITÁRIO


PROGRAMAÇÃO


DIA 09 (SÁBADO)
ABERTURA DO FESTEJO
Ofício Divino e Café Comunitário (05:30h): Equipe Litúrgica da Comunidade
Liturgia: Equipe Litúrgica da Comunidade
Leituras: Do dia
Convidados: Todos os devotos(as) de Santa Luzia
Responsáveis pelo Leilão: Rua São Paulo

DIA 10 (DOMINGO)
Ofício Divino e Café Comunitário (05:30h): Coroinhas
Liturgia: Comunidades Santo Antonio e Nossa Senhora de Fátima
Leituras: Do dia
Convidados: Comunidade São Francisco (Pinto Teixeira)
Responsáveis pelo Leilão: Rua Marabá e Rua 06

DIA 11 (SEGUNDA-FEIRA)
Ofício Divino e Café Comunitário (05:30h): Legião de Maria
Liturgia: Comunidade São Raimundo
Leituras: Do dia
Convidados: Comunidade São Raimundo (Mata de Ana)
Responsáveis pelo Leilão: Rua Natal

DIA 12 (TERÇA-FEIRA)
Ofício Divino e Café Comunitário (05:30h): Pastoral do Dízimo
Liturgia: Comunidades Matriz e Nossa Senhora Rainha da Paz
Leituras: Do dia
Convidados: Comunidade São Sebastião (Capoeira)
Responsáveis pelo Leilão: Rua Ceará

DIA 13 (QUARTA-FEIRA)
Ofício Divino e Café Comunitário (05:30h): Catequistas
Liturgia: Equipe Litúrgica da Comunidade
Leituras: Do dia
Convidados e Leilão: Rua Padre Cícero



DIA 14 (QUINTA-FEIRA)
Ofício Divino e Café Comunitário (05:30h): Terço dos Homens
Liturgia: Catequistas
Leituras: Do dia
Convidados: Catequistas da Paróquia
Responsáveis pelo Leilão: Rua Maranhão / Rua João Pessoa

DIA 15 (SEXTA-FEIRA)
Ofício Divino e Café Comunitário (05:30h): Jovens
Liturgia: Comunidade São José
Leituras: Do dia
Convidados: Pastoral da Juventude
Responsáveis pelo Leilão: Rua Goiás

DIA 16 (SÁBADO)
Ofício Divino e Café Comunitário (05:30h): Pastoral da Criança
Liturgia: Comunidade Nossa Senhora da Conceição (Porta Aberta)
Leituras: Do dia
Convidados: Comunidade Nossa Senhora Aparecida (Povoado Palmeiral)
Responsáveis pelo Leilão: Rua Amazonas / Rua Cuiabá

DIA 17 (DOMINGO) - ENCERRAMENTO
Ofício Divino e Café Comunitário (05:30h): Movimento Mãe Rainha
Liturgia: Comunidade São João Batista
Leituras: Do dia
Convidados: Todos os devotos(as) de Santa Luzia
Responsáveis pelo Leilão: Todas as ruas do Bairro Pantanal

8.12.17

Solenidade da Imaculada Conceição

Imaculada Conceição refere-se a um dogma através do qual a Igreja declarou que a concepção da Virgem Maria foi sem a mancha (mácula em latim) do pecado original. Desde o primeiro instante de sua existência, a Virgem Maria foi preservada do pecado pela graça de Deus. Ela sempre foi cheia da graça divina. O dogma declara também que a vida da Virgem Maria transcorreu completamente livre de pecado.

Desde os tempos da Igreja primitiva, os fiéis sempre acreditaram que Maria, a Mãe de Jesus, nasceu sem o pecado original. Tanto no Oriente como no Ocidente, há grande devoção à Maria enquanto mãe de Jesus e Virgem sem Pecados. No começo do cristianismo o dogma da Imaculada Conceição já era tida como uma verdade de fé para os fiéis.

Bíblia e tradição

O dogma que declara a Imaculada Conceição da Virgem Maria é fundamentado na Bíblia: Maria recebeu uma saudação celestial do Anjo Gabriel quando este veio anunciar que ela seria a Mãe do Salvador. Nessa ocasião, o Anjo Gabriel saudou como cheia de graça.
Foi o papa Pio IX, o papa que proclamou o dogma da Imaculada Conceição, recorreu principalmente à afirmação de Gênesis (3, 15), onde Deus diz: Eu Porei inimizade entre ti e a mulher, entre sua descendência e a dela, assim, segundo esta profecia, seria necessário uma mulher sem pecado, para dar à luz o Cristo, que reconciliaria o homem com Deus.

O verso Tu és toda formosa, meu amor, não há mancha em ti, no Cântico dos Cânticos (4,7) também é uma referência para defender a Imaculada Conceição. Outras passagens bíblicas referentes são: Também farão uma arca de madeira incorruptível (Êxodo 25, 10-11). Pode o puro (Jesus) vir de um ser impuro? Jamais! (Jó 14, 4). Assim, fiz uma arca de madeira incorruptível... (Deuteronômio 10, 3). Maria é considerada a Arca da Nova Aliança (Apocalipse 11, 19) e, portanto, a Nova Arca seria igualmente incorruptível ou imaculada.
Também existem os escritos dos Padres da Igreja, como Irineu de Lyon e Ambrósio de Milão. São Tomás de Aquino, por volta de 1252, declarou abertamente que a Virgem foi, pela graça, imunizada contra o pecado original, defendendo claramente o dogma do privilégio mariano, que seria declarado e definido séculos mais tarde.

Definição do dogma de Imaculada Conceição

O dia da festa da Imaculada Conceição foi definido em 1476 pelo Papa Sisto IV. A existência da festa era um forte indício da crença da Igreja na Imaculada Conceição, mesmo antes da definição do dogma no século XIX.
No dia 8 de dezembro de 1854, dia da festa, o Papa Pio IX, com a Bula intitulada Deus Inefável (Ineffabilis Deus), definiu oficialmente o dogma da Santa e Imaculada Concepção de Maria.
Assim está escrito na bula (documento papal) intitulada Ineffabilis Deus que o Papa Pio X proclamou: Em honra da Trindade (...) declaramos a doutrina que afirma que a Virgem Maria, desde a sua concepção, pela graça de Deus todo poderoso, pelos merecimentos de Jesus Cristo, Salvador do homem, foi preservada imune da mancha do pecado original. Essa verdade foi-nos revelada por Deus e, portanto, deve ser solidamente crida pelos fiéis.

Maria confirma o dogma

Santa Bernadete Soubirous (1844-1879), a jovem que viu Nossa Senhora em Lourdes, disse que Nossa Senhora se auto definiu dizendo assim: Eu sou a Imaculada Conceição. Isso aconteceu em 1858, apenas quatro anos após a definição do dogma.
Todos os estudiosos consideram quase impossível que uma adolescente como era Bernadete, vivendo num lugarejo insignificante como era Lourdes, soubesse da proclamação do dogma e muito menos o seu significado. Por isso, as aparições de Nossa Senhora em Lourdes são consideradas como uma confirmação celstial do dogma da Imaculada conceição. Esta é uma das três aparições de Nossa Senhora consideradas verdadeiras pela Igreja Católica.
Imaculada Conceição, Mãe sem manchas

Por isso, nós podemos recorrer a Maria com toda a confiança justamente porque ela é Imaculada, sem mancha, sem pecado, sem impurezas. Ela é cheia, plena, repleta da graça de Deus e, por isso, pode ouvir nossos pedidos e súplicas e apresentá-los ao Pai, diante de quem ela está no céu. Nossa mãe celestial é pura, santa, sem pecado e nos ama com um amor puro, santo e divino. Assim, com esta confiança, recorramos a ela sempre, pois ela intercede por nós.

SIMBOLISMO
O Significado da expressão Imaculada Conceição

A expressão Imaculada Conceição passou a ser quase um 'nome' de Nossa Senhora. Muitas mulheres, inclusive, recebem o nome de Conceição. Ao pé da letra, Imaculada Conceição significa 'concepção sem mancha'. Quer dizer que, desde o momento de sua concepção, Maria foi preservada da mancha (mácula) do pecado. Imaculada Conceição, portanto, é um título de Nossa Senhora que diz respeito à sua própria natureza: humana e sem pecado desde a concepção.

Dogma da Imaculada Conceição

A concepção sem pecado da Virgem Maria é um Dogma da Fé Católica, proclamado no dia 8 de dezembro de 1854, festa da Imaculada Conceição, pelo Papa Pio IX. O documento escrito pelo Papa diz o seguinte: 'Em honra da Trindade (...) declaramos a doutrina que afirma que a Virgem Maria, desde a sua concepção, pela graça de Deus todo poderoso, pelos merecimentos de Jesus Cristo, Salvador do homem, foi preservada imune da mancha do pecado original. Essa verdade foi-nos revelada por Deus e, portanto, deve ser solidamente crida pelos fiéis'.

A meia lua sob os pés da Nossa Senhora

A meia lua debaixo dos pés é uma característica importantíssima na imagem e tem simbolismos maravilhosos que merecem ser conhecidos. São os seguintes:1. A lua não tem brilho próprio, mas reflete a luz do sol. Na Iconografia cristã, o sol é Jesus Cristo. Por isso, a luz sob os pés de Maria significa que sua luz vem de Jesus e leva a Ele. Pois, se perguntarmos: 'de onde vem o brilho de Nossa Senhora'' a resposta só pode ser uma: 'de Jesus, seu filho'.2. A lua brilha no meio da escuridão da noite. A escuridão simboliza a humanidade pecadora e a lua simboliza a pureza e a luz. Significa que Maria, mesmo tendo nascido na humanidade pecadora, foi preservada do pecado pela graça de Deus, ou seja, ela é Imaculada (sem mancha) desde sua concepção no ventre de sua mãe, Santa Ana. Ela é a Imaculada Conceição, ela foi concebida sem o pecado original. Por isso, ela brilha como a lua, refletindo a luz do sol, que é a verdadeira fonte de vida, de luz e de calor.

A serpente sob os pés de Nossa Senhora

Significa que Maria, sendo 'Imaculada Conceição', concebida sem pecado, e tendo gerado Jesus Cristo, ela esmaga a cabeça da serpente, como está escrito no livro do Gênesis. Em Maria começou a vitória sobre o demônio e esta vitória foi concluída pela morte e ressurreição de Jesus.

Os anjos e as nuvens nos pés de Nossa Senhora

Ainda nos pés da imagem de Nossa Senhora da Conceição, vemos a nuvem e anjos. Estes dois símbolos revelam que a Virgem Maria está no céu, na glória de Deus, junto com os anjos, dos quais ela é Rainha e que de lá, junto de seu filho, ela intercede por nós.
As mãos de Nossa Senhora

As mãos de Nossa Senhora da Conceição unidas na altura do coração simbolizam a oração. Em todas as aparições da Virgem Maria, ela pede oração. Ela mesma, enquanto viveu neste mundo, foi uma mulher de oração. E agora, no céu, não cessa de rezar, intercedendo por todos nós. As mãos de Nossa Senhora em gesto de oração nos lembram que 'quem reza se salva e que não reza se perde'. A oração transforma vidas. E as mãos de Maria unidas na altura do coração nos falam que a oração deve ser feita 'com o coração', com sinceridade. E nos falam também que a oração cura o coração.

O manto de Nossa Senhora

O manto da Imaculada Conceição é rico em significados. A cor azul simboliza o céu. Os bordados em dourado simbolizam a realeza e nos lembram que Nossa Senhora é Rainha do Céu e da terra.

A coroa de Nossa Senhora

A coroa da Imaculada Conceição nos lembra que Maria Imaculada, sem pecado, sem mancha, é Rainha do Céu e da terra. A cruz sobre a coroa significa que a Virgem Maria só é Rainha por causa de Jesus Cristo, por causa de sua morte na cruz e de sua ressurreição.

Oração a Imaculada Conceição

Virgem Santíssima, que fostes concebida sem o pecado original e por isto merecestes o título de Nossa Senhora da Imaculada Conceição e por terdes evitado todos os outros pecados, o Anjo Gabriel vos saudou com as belas palavras: Ave Maria, cheia de graça; nós vos pedimos que nos alcanceis do vosso divino Filho o auxílio necessário para vencermos as tentações e evitarmos os pecados e, já que vós chamamos de Mãe, atendei-nos com carinho maternal e ajudai-nos a viver como dignos filhos vossos. Nossa Senhora da Imaculada Conceição, rogai por nós

2.12.17

Candidatos ao Diaconato Permanente serão instituídos no Ministério do Leitorato

Os candidatos ao Diaconato Permanente da Escola Diaconal Santo Estêvão têm a honra de convidá-lo para a Celebração Eucarística na qual os mesmos serão instituídos no Ministério do Leitorato.

A cerimônia será realizada na Comunidade Nossa Senhora da Conceição / Paróquia Sant’Ana e São Joaquim, Diocese de Bacabal-MA no dia 26 de dezembro de 2017, a partir das 19:30h.

Contamos com sua presença!

Leitorato

O ministério do Leitorato recebe a missão de proferir a leitura da Palavra de Deus na assembleia litúrgica. E assim, tanto na missa como nos outros atos sagrados, é ele quem profere as leituras da Sagrada Escritura, exceto o Evangelho. Ademais, lhe é confiada a missão de instruir na fé crianças e adultos para receberem dignamente os sacramentos. (cf. Cerimonial dos Bispos n.794).

Convite: Semana Paroquial de Catequese

“Os samaritanos 'creram em Jesus por causa da palavra da mulher que testemunhava' (João 4,39). A fé em Cristo nasce de um encontro, mas é preciso a intermediação de uma pessoa que o testemunhe” (Documento 107, 198)


Aos vigários paroquiais, religiosos(as), (pré) diáconos, coordenadores de comunidades, grupos, pastorais e movimentos e ao povo de Deus em geral.

 A Igreja do Brasil, através da 55ª Assembleia Geral, realizada em Aparecida-SP este ano apontou como prioridade a Iniciação à Vida Cristã, o que foi confirmado por nossa Assembleia Diocesana de Pastoral, realizada recentemente. Isso nos interpela a revisar o nosso processo de transmissão da fé, buscando novos caminhos pastorais e implantar o modelo de inspiração catecumenal, o que nos permitirá formar discípulos conscientes, atuantes e missionários.

Com esse objetivo, realizaremos de 18 A 22 DE DEZEMBRO A SEMANA PAROQUIAL DE CATEQUESE, com o tema: “Iniciação à Vida Cristã: Itinerário para formar discípulos missionários” que desenvolverá conteúdos  relevantes sobre a Iniciação Cristã, apontando caminhos para que este modelo seja compreendido e vivido em nossas comunidades. Devo lembrar que essa temática perpassa todas as pastorais, movimentos e serviços da igreja, não ficando restrito somente aos catequistas.

Por isso, convido você à participar deste evento, e peço que mobilize toda a sua comunidade, grupo, pastoral ou movimento. A presença de todos será de grande importância para que consigamos atingir nosso objetivo.


Fraternalmente,


PADRE RIBAMAR CARDOSO LIMA
PÁROCO

Diocese de Caxias do Maranhão recebe cerca de 100 jovens em Missão Jovem da CNBB

Cerca de 100 jovens de todo o Brasil participam desta sexta-feira, 1º, até o dia 9 de dezembro, da Missão Jovem da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). A iniciativa promovida pela Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude acontece na diocese de Caxias do Maranhão (MA). Esta é uma experiência que proporciona aos jovens vivência com a vocação missionária, colocando-os diante de uma nova realidade. Uma oportunidade de convivência, aprendizado e evangelização nas comunidades das dioceses da Amazônia Legal.

A diocese de Caxias do Maranhão faz parte Amazônia Legal e vai receber cerca de 100 jovens das várias expressões juvenis do Brasil. Nos dois primeiros dias, haverá formação sobre a cultura do povo local. Além disso, também será trabalhada a importância da continuidade da ação missionária na comunidade de origem após a experiência de missão.

Durante a semana, os jovens irão visitar famílias, doentes, idosos, hospitais, a Fazenda da Esperança da diocese e presídios. Em todos os dias, as atividades terão início com a mística missionária e, à noite, acontecerão celebrações com as comunidades. No último dia, todos os missionários se encontrarão para avaliação e celebração de envio.

Para o bispo de Imperatriz (MA) e presidente da Comissão para a Juventude da CNBB, dom Vilsom Basso, a missão será uma presença bonita, de testemunho eclesial e social da juventude. O bispo espera que a experiência estimule o espírito missionário nos jovens do Brasil.

De acordo com o assessor da comissão, padre Antônio Ramos do Prado, o padre Toninho, a diocese de Caxias é de uma grande identidade missionária e traz uma das mais belas experiências de missões de Igreja no país: “Nela os jovens poderão beber de uma profunda experiência missionária com o povo de Deus que caminha”.

Inspirada no chamado da JMJ – As palavras do papa Francisco na praia de Copacabana, durante a Jornada Mundial da Juventude de 2013, “Ide, sem medo, para servir”, animaram as expressões juvenis do Brasil a experimentarem “que quem evangeliza é evangelizado, quem transmite a alegria da fé, recebe mais alegria”. Foi neste contexto que a Pastoral Juvenil da Comissão Episcopal para a Juventude da CNBB apresentou esta iniciativa de envio missionário.

A missão jovem teve início em dezembro de 2014, quando 72 jovens representantes das várias expressões juvenis de todo Brasil foram enviados para a Amazônia. Na ocasião, outras comissões da CNBB estiveram envolvidas as atividades. Em 2015, o projeto foi avaliado e tomou novas dimensões. Segundo padre Toninho, a missão jovem agora também é organizada pelos regionais que desejarem, com a continuidade da realização na Amazônia Legal pela Comissão.

Padre Toninho ainda ressalta a parceria com a Missão Salesiana na Amazônia, firmada em 2016, definindo a realização da Semana Santa Missionária na Amazônia. “Todos os anos são nos oferecidas 50 vagas que são divididas entre os jovens de várias expressões do Brasil”, conta.

A missão em Caxias é a terceira realizada pela Comissão Episcopal para a Juventude da CNBB. No próximo ano, na mesma data, a Missão Jovem será na região do Bico do Papagaio, diocese de Tocantinópolis (TO).

Ano do Laicato – Dom Vilsom ressalta que a missão é eminentemente laical: “haverá lá padres e religiosas acompanhando, mas a missão é feita pela juventude, leigos e leigas na missão”. Neste Ano Nacional do Laicato, segundo o bispo, “em todas as experiências de missão jovem queremos nos unir ao laicato do nosso país e fazer com que nossa juventude seja de fato sal da terra, luz do mundo, fermento na massa”.

O presidente da Comissão para a Juventude da CNBB também enviou uma mensagem aos jovens de todo o Brasil por ocasião do Ano do Laicato.

Confira a programação do Festejo de Nossa Senhora da Conceição, Padroeira da Diocese de Bacabal

Caríssimos irmãos(ãs) devotos de nossa mãe Maria, convido-vos a participar conosco do festejo de Nossa Senhora da Conceição de 30/11 a 08/12/17 em nossa comunidade Porta Aberta.

Esse ano iremos refletir o tema: O senhor fez em mim maravilhas... (Lc 1, 49). Lembrando as maravilhas que o Senhor nosso Deus fez e faz em nossa Diocese de Bacabal. São 50 anos de vida e missão.

Por isso queremos como Maria e a exemplo dela glorificar a Deus pela nossa caminhada de fé, são muitos os motivos, já nos dizia nosso bispo Dom Armando na abertura do ano jubilar “É tempo de graça e de ação de graças”. 

Façamos então do nosso festejo um momento de alegria, celebração, partilha etc... Colocando tudo o que somos e o que temos a serviço da comunidade, para que Cristo Seja tudo em todos e na festa da imaculada conceição, cantar “O senhor fez em mim maravilhas...” (Lc 1, 49).

Sub tema: “A minh’alma engrandece o Senhor, exulta meu espírito em Deus meu Salvador!   Lc 1,46-47

PADRE RIBAMAR CARDOSO LIMA
E CONSELHO COMUNITÁRIO


PROGRAMAÇÃO

DIA 30/11 - QUINTA-FEIRA
Missa por Cura e Libertação
Responsável pelos cantos e leituras:  RCC
Preside: Padre Ribamar

DIA 01/12 - SEXTA-FEIRA
Sub tema: “ Porque olhou para humildade de sua serva. Doravante as gerações me chamarão de Bendita” Lc 1,48
Missa em Memória dos 50 anos da Diocese de Bacabal
Responsável pelos cantos e leituras: Focolares e Acólitos
Comunidade Convidada: São João
Preside: Padre Claudinho

DIA 02/12 - SÁBADO
Sub tema: “ O Senhor fez em mim Maravilhas Santo é seu Nome!” Lc 1,49
Responsável pelos cantos e leituras: Dízimo e Catequese
Comunidade convidada: Matriz
Preside: A definir

DIA 03/12 - DOMINGO
Manhã: Missa dos Idosos, às 08:00h

Noite
Sub tema: “Seu Amor para sempre se estende sobre aqueles que O temem!” Lc 1,50
Responsável pelos cantos e leituras: Liturgia
Comunidade convidada: Santo Antonio
Preside: A definir

DIA 04/12 - SEGUNDA-FEIRA
Sub tema: “Manifesta o poder de seu braço, dispersa os soberbos.” Lc 1,51
Responsável pelos cantos e leituras: Legião de Maria
Comunidade convidada: São Raimundo
Preside: Frei Heriberto

DIA 05/12 - TERÇA-FEIRA
Sub tema: “Derruba os poderosos de seus tronos e eleva os humildes.” Lc 1,52
Responsável pelos cantos e leituras: Mãe Rainha
Comunidade convidada: Rainha da Paz  e  São José
Preside: Padre Thiago

DIA 06/12 - QUARTA-FEIRA
Sub tema: “Sacia de bens os famintos, despede os ricos sem nada.” Lc 1,53
Responsável pelos cantos e leituras: Terço dos Homens e Pastoral Familiar
Comunidade convidada: Santa Luzia
Preside: Frei Gilberto

DIA 07/12 - QUINTA-FEIRA
Sub tema: “Acolhe Israel seu servidor fiel ao seu Amor..” Lc 1,54
Responsável pelos cantos e leituras: Liturgia
Comunidade convidada: Nossa Senhora de Fátima
Preside: Frei Bernardo

APÓS A MISSA, BINGO DE UMA MOTO POP 0KM

DIA 08/12 - SEXTA-FEIRA (ENCERRAMENTO)
PROCISSÃO ÀS 18:00H
Sub tema: “Como havia prometido a nossos pais, em favor de Abraão e de seus filhos para sempre!” Lc 1,55
MISSA JUBILAR DA PADROEIRA
Entrega do Ícone da Imaculada Conceição a todas as paróquias da Diocese de Bacabal
Resp. pelos cantos e leituras: Liturgia e todos os grupos e pastorais
Preside: Dom Armando

RESPONSÁVEIS PELA REZA DO TERÇO DURANTE O FESTEJO
30/11 – Terço Rcc
01/12 – Praesidium Nossa Senhora Da Conceição
02/12 – Praesidium Nossa Senhora Imaculada Conceição
03/12 – Praesidium Rainha Da Paz E Nossa Senhora De Lurdes
04/12 – Praesidium Nossa Senhora De Fátima
05/12 – Praesidium Nossa Senhora Do Carmo
06/12 – Praesidium Nossa Senhora Das Graças
07/12 – Praesidium Nossa Senhora Maria Medianeira


TODAS AS NOITES HAVERÁ: ESPETINHO E LANCHONETE.
ALMOÇO E JANTAR: DIAS 02, 03, 07 E 08

25.11.17

1º Adorar? Eu vou...

A cidade de Bacabal vai sediar no dia 1º de dezembro na AABB,  um dos maiores eventos de música cristã do ano. O evento vai congregar fieis das igrejas protestantes e da Igreja Católica, com o apoio da Diocese de Bacabal. 

A adoração ficará por conta do Ministério Adore e Proclame de Petrolina, Pernambuco e Ministério Teu Reino É Mais, além do Ministério de Música Alto da Cruz e a banda Som Vertical que tem se destacado nos eventos cristãos em toda a região. 

Será realizada durante os shows, uma exposição de projetos sociais de todas as igrejas envolvidas no evento. Para os participantes será montada uma praça de alimentação e como o evento é aberto para toda a família será instalado um parque para a diversão das crianças. 

21.11.17

Fé e compromisso: Coroinhas da Paróquia são investidos para o serviço ao Altar

Em uma solene liturgia dominical, neste dia 19 na Matriz de Sant'Ana e São Joaquim foram investidos ou renovaram seu compromisso com o serviço ao Altar 90 coroinhas das nossas diversas comunidades.

Acompanhados dos seus padrinhos ou madrinhas, os meninos e meninas servidores do Altar do Senhor participaram da Celebração Eucarístia presidida por Padre Tiago, que através da reflexão do Evangelho dominical relembrou que os talentos devem ser sempre colocados à serviço da comunidade, o que faz com que ela sempre cresça e frutifique. 

No momento mais marcante do rito da investidura, os coordenadores de Coroinhas de cada comunidade chamaram os integrantes dos seus grupos a apresentarem-se junto com seus padrinhos e após a oração e bênção das vestes, foram revestidos solenemente, em um sinal visível da participação nesse ministério que remonta desde os tempos da igreja primitiva. 

Para chegar até esse momento, foram necessários seis meses de acompanhamento, o que foi feito pelo casal assessor Maria Gomes e Fontineles e o postulante Vitor. Encontros teóricos e práticos foram desenvolvidos ao longo da etapa formativa, proporcionando um melhor aprendizado e, principalmente, melhor desenvoltura nesse serviço tão importante para a Igreja. 

Junto aos novos coroinhas, também estavam alguns que já foram investidos em 2015, mas que apresentaram-se ali para renovar o compromisso assumido outrora.

Ao final da celebração, o casal assessor agradeceu às comunidades pelo empenho em participar dos momentos de formação que culminaram nesta linda celebração, além de demonstrar gratidão ao postulante Vitor pela dedicação nesse trabalho. 

Coroinhas

Coroinhas de 7 das nossas 9 comunidades participaram da cerimônia:

Comunidade São Raimundo: 21
Comunidade São João Batista: 19
Comunidade Matriz: 15
Comunidade Santa Luzia: 15
Comunidade Nossa Senhora da Conceição: 10
Comunidade Santo Antonio: 7
Comunidade Nossa Senhora Rainha da Paz: 4

Mestres de Cerimônia

Destaca-se também a presença dos Mestres de Cerimônia solenemente investidos na manhã de Domingo na Comunidade Nossa Senhora da Conceição. Na celebração à noite, já auxiliaram na celebração, sob o olhar atento de toda a comunidade paroquial. São eles: Joel (Comunidade São Raimundo), Carlos Alberto (Comunidade São João Batista), Victor Rafael (Comunidade Santo Antonio), Glaydison (Comunidade São Raimundo) e João Pedro (Comunidade Nossa Senhora da Conceição)

Confira algumas fotos da celebração:

Fotografia: Lourival Albuquerque / Francisco Jane

20.11.17

Igreja no Brasil se prepara para celebrar a abertura do Ano Nacional do Laicato

Após as comemorações do Ano Nacional Mariano, instituído pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), a Igreja no Brasil se prepara agora para celebrar a abertura do Ano do Laicato no próximo dia 26 de novembro. Com o tema “Cristãos Leigos e Leigas, sujeitos na ‘Igreja em saída’, a serviço do Reino” e o lema “Sal da Terra e Luz do Mundo”, a iniciativa de acordo com o papa Francisco, deseja fazer crescer “a consciência da identidade e da missão dos leigos na igreja”.

“O Ano do Laicato nos empolga e fomenta em nós uma feliz e agradável expectativa, para juntos escutarmos o que diz o Espírito Santo aos nossos corações e assumirmos a ação transformadora na Igreja e no mundo. A obra é de Deus e de todos nós”, afirma o presidente da Comissão Episcopal Pastoral para o Laicato da CNBB, dom Severino Clasen.

O bispo espera que no Ano do Laicato, a partir de cada reflexão, os leigos possam ouvir Jesus Cristo os chamando e os enviando para serem sal, luz e fermento na massa. “Vamos todos, através da oração e meditação da Palavra de Deus, de olhos abertos para a realidade onde vivemos, transformar as injustiças em relações de paz e amor”, exorta.

Para o bom êxito do Ano Nacional do Laicato, que seguirá até o dia 25 de novembro de 2018, o assessor da Comissão para o Laicato, Laudelino Augusto dos Santos Azevedo aponta que é preciso em primeiro lugar a abertura do coração, presença e participação de todos. “É participando que a gente vai adquirir conhecimentos, experiências, vai entender melhor a nossa identidade como cristão leigo e leiga, a nossa vocação, espiritualidade e missão”, garante.

Laudelino faz ainda um apelo para que todos contribuam com o sucesso do Ano do Laicato: “Você aí que é cristão leigo e leiga ou você que tenha algum ministério na igreja mesmo não sendo ordenado, religioso ou religiosa, diácono, bispo ou presbítero você pode com a sua presença, com a sua participação, levar o bom êxito para o Ano Nacional do Laicato.

Subsídios – Para vivenciar a proposta do Ano, a Comissão Especial para o Ano do Laicato preparou alguns subsídios que contém orientações metodológicas para as comunidades. Um deles é composto por orientações para os grupos de reflexões e o outro por propostas de celebração

De acordo com a secretária da Comissão para o Laicato, Pietra da Silva os membros da Comissão Especial para o Ano do Laicato estão muito felizes com a procura do material pelas dioceses e paróquias. “A gente recebe muitos e-mails e telefonemas; todo mundo solicitando o material e é aí que a gente percebe que o Ano do Laicato está acontecendo e está acontecendo em todos os regionais e em todas as dioceses”, afirma.

Para ela, ter esse contato com o material é um momento também de aprendizado. “A partir do material que estamos produzindo, vamos aprendendo sobre qual é o nosso papel dentro da Igreja, dentro do mundo em que vivemos e também vamos passando isso para as pessoas que estão à nossa volta e as pessoas com as quais convivemos”, afirma.

Além dos roteiros para as comunidades, a Comissão disponibilizou também o cartaz oficial do Ano do Laicato, além de banners. Os materiais podem ser adquiridos no site da editora da CNBB – Edições CNBB.