Comunicadores do Regional Nordeste 5 da CNBB definem ações para a Pascom

Enviado por Pascom Santana' em 11:48:00 com Nenhum comentário
Com o tema “Comunicadores da verdade: Sal e luz na Igreja e na sociedade” foi realizado o Encontro Regional da Pastoral da Comunicação (Pascom), entre os dias 08 e 10 de junho de 2018, na Casa de Retiros Oásis, em São Luís, capital do Maranhão. Participaram representantes da Arquidiocese de São Luís e as Dioceses de Viana, Brejo, Coroatá, Imperatriz, Grajaú, Zé Doca, Bacabal, Caxias.

Os comunicadores definiram atividades para o próximo biênio. Neste segundo semestre de 2018 será elaborado o projeto de comunicação para o Regional e o mesmo poderá servir de parâmetro para o plano de ação nas dioceses. Em 2019 não haverá o encontro Regional, contudo, serão realizados encontros formativos nas dioceses com o intuito de fortalecer a comunicação nas bases para que em 2020 seja realizado o primeiro Mutirão de Comunicação do Regional Nordeste 5.

Para o coordenador da Pascom do Regional Nordeste V da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), que teve seu mandato confirmado para mais dois anos, padre Edinaldo Pereira, do clero da Diocese de Imperatriz o encontro foi um sucesso. “Este ano conseguimos reunir quase todas as dioceses do regional, exceto Balsas, Carolina e Pinheiro. Mas, nossa meta é investir na articulação da Pascom em todas as dioceses, especialmente nas ausentes no encontro desse ano”, comentou. 

Dom José Belisário da Silva, arcebispo de São Luís e bispo referencial da Pascom no Regional Nordeste 5 da CNBB, participou ativamente de todo o encontro e ministrou uma palestra sobre o Sínodo para a Juventude, refletindo o documento preparatório da 15° Assembleia Geral convocada pelo papa Francisco para o próximo mês de outubro, no Vaticano. “De maneira bastante didática dom Belisário apresentou a questão da juventude e a proposta de reflexão do sínodo. Enfatizando o âmbito das escolhas dos jovens que constantemente são desafiados pela falta de oportunidades e pela própria precariedade do ambiente onde boa parte vive”, contou Ideglan Messias, da Diocese de Grajaú. 

Destacando que os leigos precisam ser sujeitos e não objeto no espaço eclesial, a secretária executiva do Regional da Nordeste 5 da CNBB, Martha Bispo, proferiu a palestra de abertura do encontro com a temática “Ano do Laicato – Sal da Terra e Luz do Mundo”. “Um dos destaques da fala da Martha é que a Igreja é Povo de Deus e que não devemos esperar apenas dos padres, mas, todos somos sujeitos eclesiais no processo de comunhão inerente a Igreja”, afirmou Maria Sagrada, radialista da Rádio Educadora, da Arquidiocese de São Luís.

Fake news e jornalismo de paz também foi tema de discussão no encontro, com assessoria de Ricardo Alvarenga, jornalista, mestre e doutorando em Comunicação Social e coordenador da Signis Brasil Jovem. “As provocações de Ricardo nos ajudaram a refletir sobre o tipo de comunicação que estamos fazendo em nossas comunidades e o cuidado que devemos ter com a apuração das notícias que nos chegam e que compartilhamos sem checar a veracidade das mesmas”, ressaltou Rosangela Garcês, secretária da Pascom da Arquidiocese de São Luís e do Regional da CNBB.

Um diferencial do encontro deste ano foi a realização de oficinas práticas de comunicação, com foco em fotografia, oratória, mídias digitais e texto informativo. Os participantes dividiram-se nas quatro oficinas e avaliaram positivamente a inovação. “A oficina foi muito boa. Tirei muitas dúvidas e descobri coisas que eu nem mesmo sabia. Precisamos de mais momentos como esse”, reforçou Carlos Veras, coordenador da Pascom da Diocese de Bacabal. 
*Texto produzido pelos participantes da Oficina texto informativo: Edinaldo Pereira, Ideglan Messias, Maria Sagrada, Osnilda Lima, fsp , Ricardo Alvarenga, Rosangela Garcês
Categories: